Imprensa Paulista: seria mesmo uma imprensa imparcial?

Publicado: 7 de maio de 2010 em cultura, Diversos, Esporte, Fotos, Futebol, Notícias, televisão
Tags:, , , , , , , , ,

Olá, internautas

Inacreditável. Mais uma vez, a mídia esportiva paulista errou (e feio) nos prognósticos de mais uma grande decisão. Na última quarta-feira (05/05), o Flamengo, mais conhecido por Império do Amor, derrubou o todo “badalado” Corinthians, time queridinho dos programas televisivos.

No ano passado, esse espaço já tinha comentado sobre a consagração legítima do Flamengo como campeão brasileiro, fato não percebido por grande parte dos jornalistas esportivos de São Paulo. Desde o final de 2009, diversas mesas redondas levantaram o “Timão” como o franco favorito para conquistar finalmente a Libertadores no ano do Centenário. O Corinthians toma conta de grande parte dos esportivos, principalmente por causa da audiência.

O time do Parque São Jorge já tinha demonstrado fadiga no Brasileirão. Time remontado de uma hora para outra. Sem entrosamento, mostrou ineficiência no Campeonato Paulista. A cobertura continuou a passar a mão no elenco de Mano Menezes. “O que importa é a Libertadores”, exclamavam muitos.

Antes da partida do Maracanã, muitos comentaristas, como Neto, no “Jogo Aberto” e “SP Acontece”, frisaram que Ronaldo estava em ponto de bala e que o Timão venceria as duas partidas. Menosprezaram o legítimo campeão brasileiro formado por um elenco recheado de grandes jogadores, como Adriano, Wagner Love, Maldonado, Petkovic, Kleberson, entre outros. Mesmo após a derrota no Rio de Janeiro, ainda os jornalistas de São Paulo apostavam no “fenômeno” Ronaldo e a conquista da vaga pelo Corinthians.

A trupe liderada por Renata Fan e José Luiz Datena cornetou a favor do Timão. A equipe da TV Gazeta (Gazeta Esportiva e Mesa Redonda), idem. Da RedeTV! (Bola na Rede), também. Rádio Jovem Pan entrou no clima corintiano sem perceber o desenrolar do time paulista desde o segundo semestre de 2009.

Nilson Cesar, comentarista da Rádio Jovem Pan, sintetizou o que ocorre na cobertura da mídia esportiva de São Paulo. Segundo ele, os jornalistas paulistas focam apenas os times do Estado e desconhecem, por inteiro, os clubes de outros Estados. Concordo em gênero, número e grau com a tese. E ponto final.

Por: Fabio Maksymczuk

Concordo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s