Posts com Tag ‘Guaçuí’

Em Guaçuí, na região do Caparaó no Sul do estado do Espírito Santo, o leito do rio Veado que corta a cidade chegou a subir cinco metros além do nível normal nesta quarta-feira dia 09 de março de 2010. A chuva alagou seis bairros e no bairro Vila dos Professores um barranco cedeu em uma construção, mas ninguém se feriu. Foram mais de 114 milímetros de chuva em quatro horas, sendo que a previsão inicial era de apenas 25.

Uma imensa cratera se abriu na saída da cidade de Guaçuí indo em direção a Alegre. A cratera atingiu toda a pista e interditou a passagem de Guaçuí para a cidade de Alegre através da BR 482. A entrada de uma das fazendas da região também foi prejudicada pela abertura da cratera na rodovia e só se consegue passar a pé por um pequeno espaço.  O desvio para quem vai de Guaçuí para Cachoeiro de Itapemirim se passa pela cidade de Bom Jesus do Norte, que também sofre com as enchentes.

Abaixo fotos da cratera na saíde de Guaçuí em direção a Alegre tiradas pelo celular do meu irmão Marllon Mendes Miranda:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

É, 2010 está chegando ao fim e junto com ele ficarão as lembranças de um ano memorável, perfeito em vários sentidos, um ano que eu pude dizer que VALEU A PENA. Um ano de realizações, de conquistas, de boas descobertas e de grandes surpresas. Um ano movido pelo destino, que o tratou de forma primorosa. Um ano de conquistas no meio acadêmico, com diversas apresentações de trabalhos, com participação em organização de diversos eventos e com participação em grandes congressos a níveis estaduais e nacionais. Um ano espetacular também no movimento castorístico, sendo eleito Presidente do Clube de Castores de Guaçuí, tendo a honra de cumprir pelo segundo mandato o cargo de Presidente Regional do LC-11 e sendo nomeado pela Presidente da Associação Nacional de Clube de Castores (ANCC) como Assessor nacional de Convenções, mas nada foi tão gratificante nesse ano dentro do movimento castorístico como a oportunidade de ser Organizador Geral da XXXIX Convenção Nacional de Clube de Castores que ocorreu na cidade de Guaçuí-ES, foi um momento único que reuniu jovens castores de diversas regiões do país. Conhecer as novas culturas e conquistar as amizades que conquistei naquele momento não tem preço.

2010 foi um ano de viagens, pude conhecer lugares novos, matar a saudade de outros, mudar de cidade, foi um ano de estrada. Visitei várias cidades do ES e ainda passei pelos estados de MG, RJ e SP. Pude matar a saudade da querida Espera Feliz em Minas Gerais, berço de minha família, terra em que meu pai nasceu. Pude conferir um jogo do atual campeão brasileiro Fluminense ainda no campeonato carioca, conheci Campos-RJ e a cidade imperial de Petrópolis que respira a Europa, pois não parece estar no Brasil, cidade em que pude conferir um inesquecível show das ‘Meninas Cantores de Petrópolis’. Fui ao Rio, na Ilha do Governador, para a Instalação de Gabinete do LC-01 e LC-11. E claro, fui a Sampa, cheguei a Ribeirão Preto, a melhor viagem de minha vida, o Texas do Brasil está lá. E em Ribeirão tive grandes momentos, fomos a Chopperia Pingüim, ficamos em um belíssimo hotel, tomamos café com o Dedé Santana, fomos a Cachaçaria Água Doce, ao Theatro Pedro II conferir a Orquestra Filarmônica de Ribeirão Preto e aproveitamos ao máximo o XXIV Congresso Brasileiro de Anatomia, e isso claro muito bem acompanhado de meus amigos monitores, do saudoso Professor Luciano e da galera incrível de Goiás. São momentos inesquecíveis e inapagáveis.

2010 foi um ano de mudanças, sai de casa em Guaçuí e fui morar em Cachoeiro de Itapemirim a terra do Rei Roberto Carlos. Uma mudança fundamental e acertada. Além da aparente independência encontrei lá o povo mais louco que esse planeta conhece, e em apenas seis meses na República Billi House já tenho muitas histórias pra contar. E podem ter certeza que uma casa com Billi Jean (Dennys), Trupizupe (Luan), Aguimô (Mateus) e Chico Xavier (eu) é tudo, menos uma república normal.

2010 foi um ano em que conheci incríveis pessoas como o maravilhoso povo do nordeste, vindos lá de Pernambuco das cidades de Ouricuri, Araripina e Petrolina. Povo este que me deu a honra de suas presenças durante a Convenção Nacional dos Castores em Guaçuí-ES, povo este que viajou quase 30 horas para resgatar o movimento, povo este que pra mim é como irmãos, uma família. Conheci também o incrível povo carioca que também veio na Nacional e que nos recebeu tão bem quando eu fui à cidade maravilhosa, um povo de fibra, um povo forte, na qual tenho grande saudade. Os calouros, como foi bom poder conhecê-los e importuná-los, e espero que essa amizade continue mesmo depois das monitorias, já que eles não terão mais anatomia, espero sinceramente que o sucesso seja o futuro de cada um.

Mas eu não poderia terminar esse texto sem falar desse povo que mudou a minha vida lá em Ribeirão Preto. Como falar de 2010 sem falar de Goiás? Como falar de 2010 sem lembrar o povo goiano? Povo este que me encantou  naquele sábado, dia 09 de outubro de 2010. Não tem como lembrar desse ano sem lembrar desse povo, não tem como não lembrar de Goiás.

Santo pingüim gigante que fez com que nos conhecêssemos, bendito seja aquele Pinguim. Cada momento que vivi em Ribeirão junto a vocês, no Cinema D, na cachaçaria, no Theatro, no Centro de Convenções, cada momento foi único e inesquecível. Saibam que Goiás deixou sua marca em mim (e não foi só a marca de gelo causada pela Istela), uma marca de carinho, uma marca de saudade, uma marca de amor. Como eu tenho saudades das gurias goianas, como eu tenho saudades da Juh, da Gabi, da Vanessa, da Daianne, da Istela e principalmente da Fabiana, ou Fabi, ou simplesmente Sandy que é como eu  a chamei durante todos aqueles dias (e ainda chamo, e não apenas eu). Aquela viagem me ressuscitou e grande parte desse feito eu devo a vocês, devo ao belíssimo povo de Goiás. E hoje se eu estou feliz, é por conta disso, afinal hoje eu tenho a Sandy, tenho tudo que eu preciso. E hoje tenho certeza que tudo aquilo que vivi junto a esse povo goiano foi o melhor que me ocorreu nesse ano de 2010, foi o melhor que me ocorreu nessa vida. E nesse ano que foi  nota 10 tive como o melhor dia de minha vida nada menos do que o inesquecível dia 10 de outubro de 2010 ou simplesmente 10/10/10. Um dia que que supera a numerologia, que tem um significado todo especial, um dia incrível, que valeu a pena, que continua valendo e sempre vai valer, um dia nota 10.

Agora olhando para trás e vendo tudo que me aconteceu eu só tenho a dizer uma coisa: obrigado! Muito obrigado a todos que de alguma forma estiveram comigo neste ano que passou, obrigado a todos por me ajudarem quando precisei, por se calarem quando o silêncio era o melhor remédio, por me fazerem rir, por me fazer chorar, por me dar conselhos mesmo que eu não os seguisse, muito obrigado mesmo. Agradeço profundamente a cada um que, de alguma maneira, me ajudou a ter feito de 2010 um ano que deixará saudades, ou simplesmente, O MELHOR ANO DA MINHA VIDA!

Que venha 2011, e que ele seja melhor que 2010 e pior que 2012. E que todos nós possamos comemorar ainda mais no próximo dezembro e que até lá eu já possa dizer que eu sou um FISIOTERAPÊUTA.

Um próspero e feliz ano novo a todos nós 😀

Nos últimos dias algumas regiões do Estado foram castigadas pelas chuvas que causaram prejuízos e destruição. Na Grande Vitória, além da forte chuva, rajadas de vento com velocidade superior a 100 Km/h derrubaram dois guindastes do complexo industrial da Vale. Pelas ruas da Capital, árvores foram arrancadas e caíram sobre veículos, casas ficaram destelhadas e faltou energia elétrica em muitos bairros.

No interior do Espírito Santo o panorama não foi muito diferente. Em Guaçuí, na região Sul, aliada a tempestade e ao vento intenso, uma chuva de granizo com mais de dez minutos de duração castigou os moradores da cidade no último sábado dia 20 de novembro de 2010.

Algumas ruas do município ficaram alagadas e repletas de gelo, sendo que muitas pedras tinham o tamanho superior a uma bola de gude, como mostra o vídeo abaixo feito por um morador da cidade:

 

As pedras de gelo chegaram a ser maiores que bolas de gude:

 

A Prefeitura Municipal de Guaçuí começou nessa semana a entregar telhas para algumas famílias que tiveram prejuízo devido a tempestade do último sábado. Diversas casas tiveram seus telhados danificados ou até mesmo destruídos.

Fonte: gazetaonlinesul.com.br

 

Onde houver fome, onde houver injustiça, sempre que alguém chamar, ele estará lá. Ele está de volta e resolveu reaparecer na cidade de Guaçuí-ES durante a XXXIX Convenção Nacional de Clube de Castores. Ele é o defensor dos fracos, oprimidos, famintos e desfavorecidos. Ele é o heroi dos Clubes de Castores de todo o BRASIL. Ele é o grande, o único, o inigualável, CASSSTORRRMAMMMM!!. Confiram o retorno de Castorman abaixo:

É um pássaro? é um avião? Não, é o CASTORMAN

P_ROJECT X  e + 2 DJ’s. Só música eletrônica

Está confirmada a presença da atração internacional P_ROJECT X direto de Portugal, o DJ de música eletrônica agitará a cidade de Guaçuí no dia 17 de Julho de 2010, junto a ele outros dois DJ’s farão a festa. Na festa, que será a de encerramento da XXXIX Convenção Nacional de Clube de Castores, terá apenas música do estilo eletrônico, um tipo de festa pouco difundido na região mas um dos estilos mais crescentes no mundo. A XXXIX Convenção Nacional de Clube de Castores promete.

“Queridos Companheiros do C-Brasil,
.
É com imenso prazer que venho a CONVIDA-LOS a participar da 39ª Convençao Nacional de Clubes de Castores, este que será um Encontro inesquecível e será um marco na história do Castorismo. A Nacional 2010 será uma grande festa, um momento de agradecer o Castorismo por tudo que fez à juventude BRASILEIRA.
.
Quero registrar todo o meu agradecimento e carinho que sinto pelo CC GUAÇUÍ, que, com menos de 1 ano de reativado, alegremente aceitou a missão de realizar uma Convenção Nacional, mesmo sem nenhuma experiencia em encontros castoristicos. Um exemplo de compromisso e amor ao Castorismo. Um Clube jovem, dedicado, que nos enche de orgulho e esperança. OBRIGADO, Clube de Castores de Guaçuí, deixo o meu abraço a tpdos os seus associados, sem exceções.
.
É primordial a presença de todos, sejam companheiros ainda ativos em seus clubes, sejam aqueles que estão afastados dos clubes por motivos superiores e tambem os “castorsauros”. Precisamos debater e estudar uma nova maneira de praticar o castorismo, além de estudar e adaptar a Fundação Nacional aos nossos moldes.
.
De coração aberto e com olhos marejados em lágrimas, peço a participação de todos nessa 39ª Convençao, que, possivelmente, será a ULTIMA CONVENÇAO NACIONAL da ANCC.
.
Abraços a todos.
.
Castoristicamente,
.
CL e CC Marcio J. Nunes Jaques (Popó)
Presidente da ANCC 2008/2009 e 2009/2010
Assessor de Castores do DMLA”

Alguém conhece a pequena cidade de Guaçuí-ES?

Pois bem, Guaçuí é a terra em que nasci e onde eu vivo, terra que foi tema de uma crônica de Márcio Cotrim, jornalista do Correio Braziliense, publicada no Caderno C, do sábado, dia 01 de março de 2008.

leiam:

Na verdade o nome Guaçuí, de acordo com uma historiadora que levantou há poucos anos esta questão, significa “Águas pequenas”. A terminação “í” em questão significa pequeno.

A definição de “Pequeno Veado” (e não “veado grande” como relata a crônica), ocorreu mesmo na região e na própria cidade sendo relatada e contada por muitos até hoje (eu mesmo sofro um pouco por conta da história da cidade na faculdade). Mas a cidade supera tudo isso, tendo como apelido “A Pérola do Caparaó”, acho que esse apelido já agrada e engrandece a cidade por si só. Para quem quiser conhecer Guaçuí vale a pena, pois é uma cidade muito bonita e com um povo muito agradável.

Mesmo com alguns erros que são normais eu gostei da cronica pois não é ofensiva e sim explicativa. Portanto, como guaçuiense, apenos torno mais explicativo e complemento a crônica de Márcio Cotrim.

A XXXIX Convenção Nacional do Clube de Castores já tem um anfitrião. Pela primeira vez um clube capixaba será sede do maior e mais importante evento do movimento castorístico do Brasil, e a cidade escolhida para esta honra e esta missão foi Guaçuí-ES.

Um evento que reunirá castores e castossauros de todo o país para juntos formar o novo castorísmo afim de manter viva essa chama por muitas gerações. Por estar em um ponto estratégico de fácil acesso aos clubes existentes o CC Guaçuí espera a presença de clubes de todas as regiões do país, principalmente das regiões nordeste e sudeste.

Com uma programação variada, com assuntos de interesse de todos, com dinâmica, entretenimento, jogos, lazer, festa e muito companherismo a Nacional 2010 promete, mas esse evento só será um sucesso se os Castores do Brasil participarem. Portanto se você é Castor(a) ou Castossauro(a) entre já em contato com os organizadores e garanta já sua vaga, quanto mais rápido menor a taxa de inscrição.

PROGRAMAÇÃO PARCIAL

Quarta – 14/07/10
17:00 – Inscrições
18:30 – Lanche self-service
20:00 – Plenária de Abertura
22:00 – Entretenimento – Apresentações – Jogos

Quinta – 15/07/10
08:00 – Café da manhã
09:30 – Início da Gincana com divisão de Grupos
10:30 – Atividade Matinal
11:30 – Livre para Banho
12:00 – Almoço
13:30 – Peça Teatral (Teatro Municipal Fernando Torres)
15:00 – Entrega das caixas de leite e dos alimentos não perecíveis
16:00 – Atividade em Praça Pública
17:30 – Livre para banho
18:30 – Jantar
20:00 – Jogo do Monge (trazer lanterna para este jogo)
21:30 – Lual
.
Sexta – 16/07/10
08:00 – Café da manhã
09:30 – Gincana de conhecimentos Castorísticos e Gerais
11:00 – Seminário para novos dirigentes.
12:00 – Almoço
13:30 – “Momento Castossauros” (Histórias e experiências dos Castossauros presentes)
15:00 – Tarde de Lazer no Cristo Redentor de Guaçuí-ES (com jogos que contarão pontos para gincana)
18:00 – Livre para banho
19:00 – Jantar
20:00 – Reunião do Gabinete Nacional (ANCC)
20:30 – Karaokê
23:00 – Festa Privada para os Castores (Guaçuí Tênis Clube)

Sábado – 17/07/10
08:00 – Café da manhã
09:00 – Mesa Redonda – “O Castorismo hoje e o Castorismo amanhã”
10:00 – Torneio Esportivo – Jogo do Contra
12:00 – Almoço
13:00 – Reunião de gabinete e CCDF
14:00 – Gincana Musical
15:00 – Palestra
16:00 – Plenária de Votação
18:00 – Livre para banho
19:00 – Jantar
20:00 – Festa dos Castores aberta ao público (Guaçuí Tênis Clube) – Os Castores não pagam ingressos

Domingo – 18/07/10.
08:00 – Café da Manhã.
09:00 – Entrega das tarefas da Gincana
10:00 – Plenária de Encerramento
13:00 – Almoço.
Volta aos lares

Para maiores informações acesse:

www.guacui2010.wordpress.com

Chester's vivos antes de ir para o forno

Sim, o chester existe. Ele é um frango com peito e coxas rechonchudos, mas com pouca gordura. Segundo a assessoria de imprensa da Perdigão, que detém o registro da marca chester, 70% da carne é concentrada nesses dois locais. A ave atinge sua idade de abate pesando cerca de quatro quilos.

A empresa enviou ao exterior dois de seus principais técnicos especialistas em avicultura com a missão de procurar uma nova linhagem. Em sua busca, encontraram uma empresa que trabalhava suas aves com o objetivo de melhorar o resultado das carnes e que havia desenvolvido uma ave tipo roaster, com maior quantidade de carnes nobres. Então foi comprado este pacote genético que permitiria introduzir a criação das aves no Brasil. No final da década de 80, por questões de proteção sanitária, foi desenvolvido um projeto para construção de uma nova granja exclusiva para pesquisa e desenvolvimento genético da ave chester. A nova granja foi inaugurada em 1992, em Arceburgo (MG). Apenas os melhores animais são selecionados para a reprodução com base no acompanhamento criterioso de cerca de 45 informações. Com o processo de melhoramento genético, as características importantes que dão identidade à ave são melhoradas, geração após geração, e transmitidas aos filhos.

Redação Terra