Posts com Tag ‘São Paulo’

Egito, Torcida do Corinthians, dá quase a mesma coisa :p

Anúncios

 

Nos dias 09, 10, 11, 12 e 13 de outubro Ribeirão Preto-SP foi a capital brasileira da anatomia humana sediando o XXIV Congresso Brasileiro de Anatomia, evento este que ocorreu no Centro de Convenções de Ribeirão Preto.

E que evento, foi uma viagem inesquecível e de ótimas lembranças. Logo no 1º dia após a belíssima cerimônia de abertura, regada a grandes homenagens, ocorreu um coquitel onde foi servido o tradicional ‘Chopp do Pinguim’ totalmente de graça. Foi durante o coquitel que também conhecemos algumas alunas do curso de Biologia da Universidade Federal de Goiás – Campus Jataí, ninguém imaginaria que o afeto entre o nosso grupo capixaba e o povo goiano seria tão espontâneo, tão rápido e tão forte.

No 2º dia ocorreu o início dos minicursos, na qual o pagamento era a parte. Tive a oportunidade de cursar dois, um de “eletromiografia” e um de “anatomia topográfica do sistema venoso dos membros inferiores”, dois minicursos incríveis que me estimularam a seguir no caminho da pesquisa e do conhecimento, focando cada vez mais o meu futuro.

Ainda no 2º dia tivemos a oportunidade de conhecer a Chopperia “Pinguim”, afinal vir a Ribeirão e não ir ao Pinguim não é vir a Ribeirão, é passar por ele. E pude também tomar o melhor Chopp que já provei, o ‘Chopp Ferrugem’, com o Chopp Claro queimado com a espuma do Chopp Escuro. Ainda nesse dia teve a festa “Anatomia Sertaneja” no Cinema D, uma incrível casa de shows e boite que existe em Ribeirão Preto. Lá tive a alegria de reencontrar as meninas de Goiás, companhia essa que teria durante toda festa.

No 3º dia o destaque ficou por conta da primeira exposição de pôster onde as goianas Ju, Gabi, Istela e Daine apresentaram seus trabalhos. Enquanto isso eu ficava junto a Fabi apreciando a apresentação das meninas. Já a noite foi marcada por música clássica no Theatro Pedro II onde tivemos o prazer de assistir a um concerto da Orquestra Filarmônica de Ribeirão Preto, uma das mais tradicionais do Brasil.

O 4º dia foi marcado pelo final dos minicursos, pelas incríveis palestras sobre o ensino da anatomia e também pela ida do povo capixaba e da inseparável galera goiana à cachaçaria “Água Doce”, um local incrível, com música ao vivo, perfeito para os apreciadores de uma boa cachaça. Lá a noite foi em clima de festa, com uma boa música de fundo, muitos risos, muitas histórias, o com o começo de um clima de despedida. Assim terminou nossa última noite em Ribeirão Preto.

O 5º dia foi marcado pelas últimas mesas redondas do evento e pela emocionante despedida nossa da galera de Goiás. Galera essa que deixará saudades, que deixará marcas que se arrastarão por toda a vida, que deixará o desejo de um dia viver tudo isso denovo, seja lá em Ribeirão ou em algum outro lugar. O que importa é que esse povo entrou na minha história, e escreveu o nome de cada uma delas a caneta no meu livro da vida. O que importa é que pela primeira vez eu tive vontade de sair do Espírito Santo, de andar por esse meu Brasil, pegar a estrada, riscar o céu, sair correndo por ai. O que importa é que hoje o Brasil pra mim tem mais sentido e tem outro sotaque. Que saudades de Ribeirão, que saudades do povo de Goiás, saudades da fala puxando o ‘r’, da vontade de morder, que saudades.

As saudades ficam, cada fato que aconteceu em Ribeirão foi especial, cada momento foi vivido de forma intensa e proveitosa. E assim no dia 13 de outubro de 2010 eu pego o vôo rumo a São Paulo, e depois rumo a Vitória, e logo a noite já estava na minha terra chamada Guaçuí, já lembrando da melhor viagem da minha vida e já pensando o que fazer para o próximo congresso. Que venha o povo de Goiás, que venha todo o Brasil, que venha, então vamos, porque um dia a gente ainda se esbarra por ai.

Vejam algumas fotos do evento abaixo:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Quem disse que o jogo entre Corinthinas e Flamengo pela libertadores foi motivo de festa apenas no Rio de Janeiro? Pois acreditem, caros leitores desse solitário blog, a festa na última quarta-feira, 5 de maio de 2010, tomou também São Paulo. Logo após a eliminação do Corinthians pelo Flamengo na Libertadores pode-se ouvir na cidade de São Paulo gritos, rojões, fogos de artifício e até latidos em comemoração. Pelo visto São Paulo não foi tomado de tristeza como muitos pensavam. Confiram como estava a cidade de São Paulo logo após a eliminação do Timão:

tristeza em campo e festa na cidade

Olá, internautas

Inacreditável. Mais uma vez, a mídia esportiva paulista errou (e feio) nos prognósticos de mais uma grande decisão. Na última quarta-feira (05/05), o Flamengo, mais conhecido por Império do Amor, derrubou o todo “badalado” Corinthians, time queridinho dos programas televisivos.

No ano passado, esse espaço já tinha comentado sobre a consagração legítima do Flamengo como campeão brasileiro, fato não percebido por grande parte dos jornalistas esportivos de São Paulo. Desde o final de 2009, diversas mesas redondas levantaram o “Timão” como o franco favorito para conquistar finalmente a Libertadores no ano do Centenário. O Corinthians toma conta de grande parte dos esportivos, principalmente por causa da audiência.

O time do Parque São Jorge já tinha demonstrado fadiga no Brasileirão. Time remontado de uma hora para outra. Sem entrosamento, mostrou ineficiência no Campeonato Paulista. A cobertura continuou a passar a mão no elenco de Mano Menezes. “O que importa é a Libertadores”, exclamavam muitos.

Antes da partida do Maracanã, muitos comentaristas, como Neto, no “Jogo Aberto” e “SP Acontece”, frisaram que Ronaldo estava em ponto de bala e que o Timão venceria as duas partidas. Menosprezaram o legítimo campeão brasileiro formado por um elenco recheado de grandes jogadores, como Adriano, Wagner Love, Maldonado, Petkovic, Kleberson, entre outros. Mesmo após a derrota no Rio de Janeiro, ainda os jornalistas de São Paulo apostavam no “fenômeno” Ronaldo e a conquista da vaga pelo Corinthians.

A trupe liderada por Renata Fan e José Luiz Datena cornetou a favor do Timão. A equipe da TV Gazeta (Gazeta Esportiva e Mesa Redonda), idem. Da RedeTV! (Bola na Rede), também. Rádio Jovem Pan entrou no clima corintiano sem perceber o desenrolar do time paulista desde o segundo semestre de 2009.

Nilson Cesar, comentarista da Rádio Jovem Pan, sintetizou o que ocorre na cobertura da mídia esportiva de São Paulo. Segundo ele, os jornalistas paulistas focam apenas os times do Estado e desconhecem, por inteiro, os clubes de outros Estados. Concordo em gênero, número e grau com a tese. E ponto final.

Por: Fabio Maksymczuk

Concordo!

No dia 27 de fevereiro de 2010 os Conselhos Regionais de Saúde promoveram um grande evento no Parque Ibirapuera, zona sul de São Paulo. O evento denominado de “Virada da Saúde” teve como finalidade protestar contra o Projeto de Lei nº 7.703/06 (Ato Médico), em discussão no Congresso, que estipula a obrigação de apresentar receita médica para consultas em outras áreas da saúde, o que tira a autonomia desses profissionais e fere a Constituição ao tirar o livre acesso do cidadão a saúde básica.

O evento contou com a participação musical do cantor e compositor maranhense Zeca Baleiro e reuniu mais de 15 mil pessoas, número 3 vezes maior que a estimativa inicial para o evento que era de 5 mil participantes.

O evento, estranhamente, não foi muito divulgado na imprensa nacional e a cobertura da imprensa foi praticamente nula. Seria um apoio indireto dos meios de comunicação ao Ato Médico? Seria a influência da classe médica sobre esses meios? Só sei que o povo não será enganado e taxado novamente como um fantoche para ser manipulado pelos poderosos, isso nós não permitiremos.

Vale ressaltar que não somos contra a classe médica, somos contra um projeto de lei que percorre no congresso e que fere nossos ideias profissionais e acaba com a nossa autonomia. Somos a favor da regulamentação da profissão médica, desde que respeite as outras profissões sendo humildes o bastante para admitir que certas áreas são de responsabilidade de outros profissionais que estudam para tal.

Vamos juntos lutar pelo direito do povo ao livre acesso a  saúde básica, vamos juntos dizer NÃO ao Ato Médico.

Não somos fantoches, diga NÃO ao Ato Médico. A favor da autonomia profissional e do direito do cidadão.

Acesse: www.atomediconao.com.br

CONHEÇA OS SEUS DIREITOS

Confira alguns vídeos do evento:

Pois é galera, Fred Mercury Prateado participou da peça “Dingou Béus” do grupo Melhores do Mundo. A participação especial aconteceu dia 4 de Dezembro de 2009 no Citibank Hall de São Paulo. Na cena aparecem Jovane Nunes, Adriano Siri, Ricardo Pipo, Victor Leal dos Melhores do Mundo e Eduardo Sterblitch com seu personagem Fred Mercury Prateado do programa Pânico na TV. vale lembrar que esta cena não faz parte do espetáculo, foi apenas uma participação especial.  E que participação, um dos melhores grupos teatrais com um dos melhores humoristas da atualidade, não poderia ter sido melhor. Quem presenciou a cena teve sorte.

Confira a cena:

Feliz Natal o/

Pra quem não viu ou quer ver denovo confira a matéria de Zina, Muricy e Alfinete no “Craque do Brasileirão” onde ocorreu a entrega da teça de Hexacampeão Brasileiro ao Flamengo. A matéria foi veiculada no “Pânico na TV” da Rede TV no dia 13/12/2009.

Parte 1

Parte 2

“Ronaaaldo! E brilha muito no ‘curintia’!”

Aqui vai uma singela homenagem a Rubinho Barrichello.. que boorou a calça hoje ao pegar a última vaga pra Superpole, ao ver o Button ficar em 14º ficando de fora do Q3 e ainda em conquistar a pole…

borrado ou não borrado o importante é que o cara mereceu, e vamos torcer muito por ele amanham, para se Deus quiser levar a disputa para a última corrida e quem sabe vermos um novo Brasileiro Campeão Mundial de Fórmula 1…

Vai que é tua Rubinho… vai que é tua Brasil

Abaixo o quadro F#oder a Vida do programa “Pânico na TV”.. com um desabafo do piloto brasileiro

é isso msm Rubinho.. tu tá certo kkkkkkk =p